Faltou pouco: Red Bull Brasil sofre gol nos acréscimos e empata com o Juventus na Rua Javari

Equipe campineira volta a jogar na próxima quarta-feira, contra o Oeste, no estádio Moisés Lucarelli

Este slideshow necessita de JavaScript.


O Red Bull Brasil esteve perto de conquistar uma vitória heroica na tarde deste sábado. Depois de ter um jogador expulso, a equipe campineira fez 1 a 0 sobre o Juventus, no estádio da Rua Javari, em São Paulo, e segurou o resultado até o finalzinho do jogo, mas sofreu um gol nos acréscimos e ficou no empate em 1 a 1 na abertura da segunda fase da Copa Paulista.

O gol do Red Bull Brasil foi marcado pelo volante Luciano Sorriso, em cobrança de falta. Na próxima rodada, quarta-feira, a equipe recebe o Oeste, às 10h30min, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O primeiro tempo do jogo deste sábado foi marcado pelo equilíbrio. O Juventus teve uma boa chance aos 23 minutos. O  atacante Pablo fez jogada individual no meio-campo, invadiu a área e chutou sozinho com o goleiro Gustavo, que fez grande defesa.

O troco do time visitante saiu aos 32 minutos. Em contra-ataque, o lateral João Paulo invadiu a área e tocou para trás, o meia Leomir bateu forte e o goleiro Maurício fez boa defesa.

O Red Bull Brasil voltou melhor para o segundo tempo. Aos nove minutos, o atacante Juan recebeu dentro da área e soltou a bomba, mas a bola passou por cima do gol. Aos 11 minutos, o meia Anderson Ataíde fez linda jogada individual, invadiu a área e chutou forte, o goleiro Maurício rebateu e Juan chutou de primeira, mas o camisa 1 do Juventus salvou novamente.

No final do jogo, já com um jogador a menos (João Paulo), o Red Bull Brasil abriu o placar. Aos 39 minutos, o volante Luciano Sorriso cobrou com perfeição falta da intermediária e fez o primeiro gol do jogo.

O Juventus foi para pressão e, apesar de também ter um jogador expulso depois de seofrer o gol (Levi), chegou ao empate. Nos acréscimos, o atacante Pablo recebeu na entrada da área e soltou a bomba no ângulo do goleiro Gustavo para deixar tudo igual na Rua Javari.

“O resultado foi positivo. É sempre muito difícil jogar contra o Juventus na Rua Javari, a pressão sempre é grande e nós quase conseguimos a vitória. Agora a arbitragem foi péssima. Prejudicou o andamento da partida e mexeu com o equilíbrio emocional do nosso time”, afirma o técnico Luciano Dias, que também foi expulso do jogo.

JUVENTUS 1 X 1 RED BULL BRASIL

Estádio: Rua Javari, em São Paulo (SP)
Árbitro: Júnior César Lossávaro

Gols: Luciano Sorriso, aos 39, Pablo, aos 46 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Vinícius, João Paulo, Eduardo, Thiago César, Baiano, Cléber Luiz, Dedê
Cartões vermelhos: João Paulo e Levi

JUVENTUS
Maurício, Vinícius (Thiago César, aos 14 minutos do segundo tempo), Cléber Luiz e Levi; Léo Cruz (Rodrigo Silva, aos 21 minutos do segundo tempo), Fábio Duarte, Nem, Pablo e Luizinho; Celsinho (Wesley, aos 33 minutos do segundo tempo) e Rodrigo Jesus. Técnico: Karmino Colombini

RED BULL BRASIL
Gustavo, Dedê, Eduardo, Dão e João Paulo; Dudu, Luciano Sorriso, Anderson Ataíde (Aleílson, aos 26 minutos do segundo tempo) e Leomir (Baiano, aos 12 minutos do segundo tempo); Juan e Selmir (Geandro, aos 18 minutos do segundo tempo). Técnico: Luciano Dias.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: