Red Bull Brasil desperdiça pênalti, sofre gols de falta e perde para o Ituano Equipe campineira perde a invencibilidade, mas segue na vice-liderança do grupo 3

Volante Dudu – Foto e Texto cortesia do Red Bull Brasil

No confronto entre os dois líderes do grupo 3 da Copa Paulista, a bola parada fez a diferença. Na tarde deste sábado, o Red Bull Brasil sofreu dois gols de falta e perdeu para o Ituano por 2 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O zagueiro Anderson Salles fez os dois gols do time visitante. Já o time da casa perdeu um pênalti no começo do segundo tempo.

Na próxima rodada, quarta-feira, o Red Bull Brasil enfrenta o XV de Piracicaba, no estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba.

Mesmo desfalcado de cinco jogadores (Dão, Dedê, Baiano e Anderson Ataíde, lesionados, e Renan, suspenso), o Red Bull Brasil fez um primeiro tempo equilibrado contra o Ituano. O time visitante teve a primeira chance aos 15 minutos. O lateral Esquerdinha recebeu sozinha na área e chutou rasteiro, mas o goleiro Douglas salvou com os pés. O troco saiu aos 28 minutos. O volante Geandro cobrou falta da intermediária e o goleiro Ricardo fez grande defesa.

O jogo seguiu aberto. Aos 32 minutos, Anderson Salles cobrou falta, a bola desviou na barreira e acertou o travessão do goleiro Douglas. Aos 41 minutos, o goleiro Douglas apareceu bem em dois chutes, de Esquerdinha e Flávio Carvalho. Aos 42, o meia Augusto puxou contra-ataque pela intermediária e deixou Aleílson livre na área, o atacante chutou cruzado, mas a bola saiu à direita do gol de Ricardo. Aos 45, Anderson Salles cobrou falta da esquerda e Douglas mandou para escanteio.

Se no primeiro tempo o goleiro Douglas levou a melhor em todos os duelos com o zagueiro Anderson Salles nas cobranças de falta, no segundo tempo o jogador do Ituano saiu em vantagem e decidiu o jogo. Aos 13 minutos, Anderson Salles cobrou falta da esquerda e o goleiro Douglas não conseguiu segurar. Ituano 1 a 0.

Três minutos depois, a jogada se repetiu. Anderson Salles cobrou falta da intermediária e acertou o ângulo do goleiro Douglas.

O Red Bull Brasil teve uma grande chance para diminuir aos 24 minutos. O atacante Aleílson recebeu na área e sofreu pênalti. Ele mesmo cobrou, mas chutou à direita do gol de Ricardo.

“Sabíamos que seria um jogo equilibrado. Nós tivemos várias oportunidades para marcar, mas desperdiçamos, inclusive um pênalti. Em um jogo desses os detalhes fazem a diferença e o adversário soube aproveitar e fez dois gols de bola parada”, analisou o técnico Luciano Dias.

RED BULL BRASIL 0 X 2 ITUANO

Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Ulisses Antonio Zampieri

Gols: Anderson Salles, aos 13 e  aos 16 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Flávio Carvalho, João Paulo, Geandro

RED BULL BRASIL
Red Bull Brasil: Douglas, Geandro, Eduardo, Lima e João Paulo; Dudu, Lucas Chinaqui, Léo Paraíba (Victor, aos 30 minutos do segundo tempo) e Augusto (Jarlison, aos  21 minutos do segundo tempo); Aleílson e Nena (Leomir, aos 21 minutos do segundo tempo). T. Luciano Dias

ITUANO
Ricardo, Flávio Carvalho (Danilo, no intervalo), Cesar Gaucho, Anderson Salles e Esquerdinha; Alan Mota, Bruno Martins (Rodrigo Costa, aos 31 minutos do segundo tempo), Alemão e Kleiton Domingues (Marcelo Pinheiro, aos 33 minutos do segundo tempo); Michel e Allan. Técnico: Ruy Scarpino

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: