RED BULLS DERROTAM JUVENTUS POR 3 A 1 NA RED BULL ARENA

Hall, Chinn e Angel marcam em vitória sobre equipe recordista de Scudettos

HARRISON, Nova Jérsey (23 de maio de 2010) – Os colorados de Nova York tiveram uma atuação de gala ontem em frente a um público de 18.735 na Arena Red Bull. Mostrando garra e criatividade, os Red Bulls derrotaram os gigantes italianos Juventus no primeiro amistoso envolvendo um time Europeu no estádio Beira-Rio. Depois de um primeiro tempo bem equilibrado e sem gols, os Red Bulls marcaram dois tentos em menos de cinco minutos. A partir de então, Nova York passou a dominar o meio-campo e conseguiu derrotar o time de Turim por 3 a 1. Jeremy Hall, Conor Chinn e Juan Pablo Angel anotaram para o time da casa, enquanto Amauri diminui para o lado italiano.

Irving Garcia criou o primeiro lance de perigo após um começo bem truncado no meio de campo. O meia de Nova York passou fácil pela zaga italiana e arriscou de longe, mas o goleiro Alex Manninger conseguiu desviar. A Juventus teve algumas oportunidades de abrir o placar logo aos 18min, mas o chute do meia brasileiro Diego parou nas mãos do goleiro Greg Sutton. Dois minutos depois, aos 20min, o capitão da Juve Alessandro Del Piero tentou encobrir o Sutton, mas o goleiro pegou sem dificuldades.

Aos 31min, a zaga da Juve bobeou ao afastar um lançamento de Carlos Mendes e o atacante Chinn aproveitou, dando uma arranca linda do meio de campo. Por tanto, o zagueiro Jonathan Zebina conseguiu alcança-lo e afastou o perigo.

A melhor chance da Juventus veio aos 41min com Del Piero. O ex-capitão da seleção italiana infiltrou a zaga americana e acertou um belo chute, matando o goleiro Sutton, mas a bola tirou tinta do travessão e só saiu para tiro de meta. Três minutos depois, Conor Chinn arriscou a 7 metros do gol e Manninger fez bela defesa.

Os anfitriões abriram o placar aos 5min do segundo tempo. Sinisa Ubiparipovic acertou a barreira em cobrança de falta e Garcia aproveitou o rebote a 23 metros da meta italiana. A bola explodiu no travessão e caiu nos pés de Hall, que só teve o trabalho de empurrar para o gol.

Só demorou cinco minutos para o time de Nova York ampliar. Roy Miller roubou a bola de Zebina, arrancou pelo lado esquerdo e cruzou para Chinn dominar com o peito e mandar uma bomba em direção ao gol de Manninger, que só teve o trabalho de buscar a bola no fundo da rede.

Angel e Dane Richards entraram no segundo tempo e juntos, decretaram a goleada. Em jogada fulminante, Richards usou sua rapidez para avançar pelo lado direito e cruzar rasteiro para Angel marcar o seu quinto gol da temporada. Os italianos só conseguiram o gol de honra no último minuto, quando Amauri – o brasileiro naturalizado italiano – acertou uma bomba da entrada da área.

A próxima partida dos Red Bulls será quarta-feira, 26 de maio, as 20h na Arena Red Bull. Ainda restam cadeiras cativas para a primeira temporada de Nova York na Arena Red Bull. As seções de nível 100 no meio de campo e as seções laterais 107, 112, 124 e 128 já estão completamente esgotadas, mas ainda temos lugares muito bons. Para mais informações ou para comprar ingressos, ligue para o número 1.877.RBSOCCER ou entre no site www.newyorkredbulls.com.

FICHA TÉCNICA

Nova York Red Bulls 3 x 1 Juventus de Turim

Gols

Red Bulls: Jeremy Hall aos 5min, Conor Chinn aos 10min e Juan Pablo Angel aos 30min do segundo tempo.
Juventus: Amauri aos 45 do segundo tempo.

Esquema Tático dos Nova York Red Bulls

Greg Sutton; Danleigh Borman (Roy Miller), Carlos Mendes, Clebão, Luke Sassano (Chris Albright); Jeremy Hall (Seth Stammler), Sinisa Ubiparipovic, Tony Tchani, Irving Garcia (Dane Richards); John Wolyniec, Conor Chinn (Juan Pablo Angel). Técnico: Hans Backe.

Esquema Tático da Juventus de Turim

Alex Manningger (Francesco Bardi); Fabio Grosso (Yago Silva Falque), Alessandro Bernardini (Alcibiade Raffaele), Gonçalo Brandão (Hasan Salihamidzic), Jonathan Zebina (Zdenek Grygera); Simone Padoin (Luca Bellacastro), Luca Marrone, Diego (Michele Paolucci), Antonio Candreva (Simone Esposito); David Trezeguet (Amauri), Alessandro Del Piero (Paolo de Ceglie). Técnico: Luigi Del Neri.

Cartões Amarelos
Juventus: Gonçalo Brandão aos 20min do segundo tempo.

Arbitragem: Juan Carlos Rivero; Jason Cullum, Steven Taylor; Mark Geiger.

Local: Arena Red Bull, em Harrison (Nova Jérsey).

Público: 18.735.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: